25 de setembro de 2010

Falar, pensar, escrever...

Falo bem mais que escrevo
Porém é aqui que me expresso de forma clara
Falo muitas vezes o que eu não devo
E sei que minhas palavras ferem a alma
Quem as lê não dá nada!
Mas ferem a mim
Única estranha que escuta o som das palavras...

Quem lê não sabe ao certo o que eu senti
Mas sabe conferir minhas rimas mal acabadas

Vejo no ato de escrever
Uma saída para viver
Mas ele é como o Sol
Que só aparece em dias de semana
Quando a maioria das pessoas não podem aproveitar

Já o ato de falar...
Pratico todos os dias
Dizendo coisas que nem pensei antes de dizer
Mas disse...
Apenas para completar o vazio do meu pensar
Para que não percebessem o meu sofrer
Em não saber o que dizer

Aquele que fala demais
Implora nas palavras
Um pouco de atenção
Aquele que escuta muito
E pensa o que diz
Aguça nos outros
A vontade de ouvir sua voz
E saber mais e mais da sua vida


Pensar e dizer são coisas difíceis

Falar demais é um problema
Escrever tudo é uma arte
Pensar antes de dizer
E escutar muito mais
é um dom
Que eu não possuo.

3 comentários:

  1. Grande Larissa, sempre dizendo tudo com poucas palavras. Um beijão.

    ResponderExcluir
  2. §Cleyton Pereira§27 de setembro de 2010 00:55

    Muito bom!!!

    Muito bom mesmo!!!

    Parabéns menina!!! ^^

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Resolvi passar aqui pra ver o que você anda aprontando.
    As letras dizem tudo! :D

    Bjos! Saudades!

    ResponderExcluir

“Nada pode nos penalizar mais do que nós mesmos.”
Todos temos o poder de nos regenerar da culpa
Caberá a nós mesmos a percepção de que já somos capazes!
Erros serão indícios de falta de aprendizado,
Acertos poderão passar despercebidos aos olhos de quem já aprendeu a lição...
Os acontecimentos são provas de tudo o que já aprendemos ou não!
Enquanto fugir dos seus problemas para tentar esquecê-los...
Estará provando a si mesmo que não se permitiu evoluir.

Nas horas de indecisão,
Quando a dúvida embaça a visão...
É melhor parar com tudo e ficar sozinho,
Sentar num sofá e beber um bom vinho...
E ver de fora, a vida desenrolar seu caminho.

Loucos são aqueles que seguem as tendências... Imitam e lutam para conseguir chegar em algum lugar pelo mesmo caminho dos outros, pois os normais são aqueles que fazem a sua realidade da melhor maneira possível e se reinventam a cada dia, para que os loucos continuem a copiar.