22 de setembro de 2010

Sem caminho

Escrevo...

O que faria se pudéssemos mudar o passado?
Andam dizendo que o que se foi sempre foi melhor...
E o que faríamos se não houvesse futuro?
Se continuássemos vivendo de passado...
O que seria do agora?
Qual seria o nosso rumo?

Não seria melhor encarar a realidade?
E fazer do “agora” um futuro do presente,
Melhor do que o pretérito imperfeito?

Não será melhor vivermos cada um a sua vida?
E ajudar ao próximo quando a nossa já estiver resolvida?

E faremos o quê?
Quando todo esse “amor” que sentimos um pelo outro acabar?
Se é que ainda EXISTE!

E a nossa existência?
As perguntas que jamais foram respondidas...
De onde vim, para onde vou, e onde estamos indo??

Por que temos tanta preocupação com o futuro, se o amanhã pode não existir?
Para que saber de onde vimos, se não sabemos para onde vamos?
Para que correr, se não sabemos para onde ir?
Este pensamento é repugnante, mas pode ser que tenha sentido!

17/11/08
Larissa Mitrof

5 comentários:

  1. Grande texto Larissa. Na verdade, o ser humano tem que viver o momento. Que tal pegar os erros do passado, concertar e viver o presente para que futuro ser grandioso. Um beijão, adorei o post.

    www.cervejaepensamentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. §Cleyton Pereira§22 de setembro de 2010 01:24

    "Não será melhor vivermos cada um a sua vida?
    E ajudar ao próximo quando a nossa já estiver resolvida?"

    E como seria melhor!!!

    ResponderExcluir
  3. Para onde vamos não sei... o fim da linha existe, mas o que importa o destino, a vida é complexa e se torna por isso incrível, o que é legal é a viagem... Temos nossas vidas e diferenças e assim roda a ciranda da humanidade. Belo texto linda poeta!

    Romulo Narducci

    ResponderExcluir
  4. as vezes paro e penso em qual seria o sentido existencial disso tudo... estudar, trabalhar etc. hj a gente se preocupa tanto em construir uma vida financeira boa que talvez estejamos perdendo tempo para as coisas ki realmente são importantes. Acho que a culpa n seja dessa geração ou da anterior essa merda vem de seculos atras, eh o talz do capitalismo que faz a gente eskecer das coisas vitais como cuidar das pessoas ao nosso redor. Eh a verdadeira exploração do homem pelo homem!

    ResponderExcluir
  5. É um questionamento realmente interessante. Principalmente hoje em dia onde o passado, o presente e o futuro se misturam de uma forma sem igual. Onde as pessoas não fazem força pra fazer o "certo", mas algumas fazem até força pra fazer o "errado", coisa que acreditávamos ser a coisa mais fácil a se fazer nessa vida...

    ResponderExcluir

“Nada pode nos penalizar mais do que nós mesmos.”
Todos temos o poder de nos regenerar da culpa
Caberá a nós mesmos a percepção de que já somos capazes!
Erros serão indícios de falta de aprendizado,
Acertos poderão passar despercebidos aos olhos de quem já aprendeu a lição...
Os acontecimentos são provas de tudo o que já aprendemos ou não!
Enquanto fugir dos seus problemas para tentar esquecê-los...
Estará provando a si mesmo que não se permitiu evoluir.

Nas horas de indecisão,
Quando a dúvida embaça a visão...
É melhor parar com tudo e ficar sozinho,
Sentar num sofá e beber um bom vinho...
E ver de fora, a vida desenrolar seu caminho.

Loucos são aqueles que seguem as tendências... Imitam e lutam para conseguir chegar em algum lugar pelo mesmo caminho dos outros, pois os normais são aqueles que fazem a sua realidade da melhor maneira possível e se reinventam a cada dia, para que os loucos continuem a copiar.